Celebração abre oficialmente curso de Formação para Educadores Católicos

0

Na noite dessa quarta-feira (22), uma celebração presidida pelo arcebispo metropolitano, Dom Gil Antônio Moreira, na Capela do Seminário Arquidiocesano Santo Antônio, marcou a abertura oficial do primeiro módulo da Escola de Formação para Educadores Católicos. A missa, concelebrada pelo Padre João Roberto Campanini, da Diocese de São Carlos/SP, foi precedida pelo credenciamento dos participantes do evento, oriundos de várias partes do Brasil.

O curso de formação, promovido pela Arquidiocese de Juiz de Fora e pela Comunidade Resgate com o apoio do Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora (CES/JF) e do Seminário Santo Antônio, será realizado até o próximo domingo (26) nas instalações do prédio da Cúria Metropolitana. Dom Gil explica que os assuntos abordados no encontro auxiliarão os professores em momentos de insegurança, quando não sabem se devem seguir os preceitos católicos ou os manuais escolares. “Este curso quer ajudar a refletir sobre o que nós devemos ensinar a partir da nossa fé, respeitando tudo aquilo que seja programa de ensino que devemos passar”.

Segundo um dos organizadores do evento, Daniel Ribeiro, da Comunidade Resgate, o grande objetivo é formar o educador católico segundo o coração da Igreja, segundo o coração de Deus. “Nosso intuito é trazer, a partir do pensamento da Igreja Católica, uma congregação própria da educação. Formar os professores para que eles sejam realmente mestres como Jesus foi mestre. Além das matérias em si, os educadores precisam formar as pessoas para a vida e para Deus”, afirma.

A educadora Maria Lúcia Ramalho, vinda da cidade de Matão/SP, onde trabalha com educação infantil em uma escola pública, afirma achar importante a educação religiosa no aprendizado. “Eu acredito que a educação católica auxilia principalmente na formação social da criança. Nós, como professores, além de passarmos a educação no sentido da alfabetização, precisamos ensinar como viver no mundo, socialmente e moralmente falando. Levar crianças e jovens para Cristo, dentro de nossa realidade, é maravilhoso”, finaliza.

A programação do primeiro módulo da Escola de Formação para Educadores Católicos inclui palestras com Dom Gil, Dr. Ivan Vaz de Mello e com os professores Felipe Aquino, Felipe Nery e Luis Eduardo Duarte Novais, além de debates e dinâmicas. Confira, abaixo, detalhes das atividades previstas:

Dia 23 de julho – quinta-feira
7h30 – Santa Missa
8h30 – Café
9h – Acolhida, conhecendo os participantes
9h15 – Luz da Idade Média (Dom Gil Antônio Moreira – Arcebispo metropolitano de Juiz de Fora, Filósofo, Teólogo, mestre em História da Igreja pela Universidade Gregoriana de Roma, também formado em Letras)
10h30 – Café
11h – Iluminismo, positivismo e pós-positivismo (Dom Gil Antônio Moreira)
12h30 – Almoço
14h30 – Dinâmica de grupo
15h30 – Café
16h – A Fé e a Razão (Dr. Ivan Vaz de Mello – Médico pela UFJF com especialização em Medicina Física e Reabilitação pela PUC-RJ e UERJ, membro do Codevida JF)
18h – Jantar
19h30 – Filme 1

Dia 24 de julho – sexta-feira
7h30 – Santa Missa
8h30 – Café e partilha
9h30 – Revolução Industrial e Comunismo (Prof. Felipe Aquino – Doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e pelo ITA e mestre na mesma área pela UNIFEI, escritor e apresentador)
10h30 – Café
11h – Escola de Frankfurt – Gramcismo e Revolução Cultural na sociedade atual (Prof. Felipe Aquino)
12h30 – Almoço
14h30 – A Educação segundo a Filosofia Perene (Prof. Felipe Nery – Pedagogo, consultor pedagógico, presidente do Observatório Interamericano de Biopolítica, professor de pós-graduação da Faculdade de Direito da Universidade Católica Santo Toribio de Mogrovejo – Lima, Peru)
15h30 – Café
16h – História da Pedagogia Católica (Prof. Felipe Nery)
18h – Jantar
19h30 – Ideologia de gênero (Prof. Felipe Nery)

Dia 25 de julho – Sábado
7h30 – Santa Missa
8h30 – Café
9h – A ditadura do relativismo e a implantação de novos paradigmas éticos e religiosos (Prof. Luis Eduardo Duarte Novais – membro consagrado da Comunidade Católica Querigma, São Carlos/SP, pedagogo e mestrando em Educação: Currículo junto à Pontifícia Universidade Católica de São Paulo – PUC/SP)
10h30 – Café
11h – A ideologização da educação (Prof. Luis Eduardo)
12h30 – Almoço
14h30 – Debate e plenário
15h30 – Café
16h – Encíclica Fé e Razão (Prof. Luiz Eduardo)
18h – Jantar
19h30 – Filme 2

Dia 26 de julho – domingo
7h30 – Santa Missa
8h30 – Café
9h – Educar hoje e amanhã: uma paixão que se renova (Prof. Luis Eduardo)
10h30 – Café
11h – Plenário e avaliação
12h30 – Almoço e encerramento

Outras informações:
Assessoria de Comunicação Arquidiocese Juiz de Fora: (32) 3229-5450

Conteúdo Relacionado
X