Carta de Dom Gregório Paixão: Dia de Oração pelas Vítimas da Tragédia das Chuvas

Bombeiros, moradores e voluntários trabalham no local do deslizamento no Morro da Oficina, após a chuva que castigou Petrópolis, na região serrana fluminense. Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Mantendo seu trabalho caritativo, mas, ao mesmo tempo não esquecendo do cuidado espiritual daqueles que sobreviveram e daqueles que perderam suas vidas na tragédia em Petrópolis e se encontram na Casa do Pai. O pastor e bispo da Diocese de Petrópolis, Dom Gregório Paixão, OSB, divulgou uma carta a todos os fiéis e ao povo, estabelecendo o dia 20 de fevereiro deste ano, como o Dia de Oração pelas Vítimas da Tragédia das Chuvas.

Conforme afirma na carta, em todas as paróquias e igrejas da Diocese onde for celebrada a Santa Missa, será na “intenção dos atingidos e, também, em sufrágio dos falecidos, fazendo especial menção na Oração dos Fiéis. Convocamos também os nossos diocesanos a se unirem em prece e realizarem, nesse mesmo dia, especiais orações nas mesmas intenções”.

Confira, abaixo, a íntegra da carta do Bispo de Petrópolis:

“Petrópolis, 17 de fevereiro de 2022

Estimados Padres, Diáconos, Religiosos, Religiosas, Consagrados, Consagradas, Membro das Novas Comunidades e Movimentos, Seminaristas, Agentes de Pastoral e amado Povo de Deus.

A tarde da última terça-feira, 15 de fevereiro de 2022, ficará marcada na vida de nossa histórica cidade de Petrópolis. Uma catástrofe abateu-se sobre todos os seus habitantes que, sem sombra de dúvida, partilham da dor e do desespero de alguns dos seus conterrâneos, os que foram atingidos de maneira brutal e direta pela chuva torrencial, que a uns ceifou a vida, a outros privou do que tinham: seus bens, adquiridos pelo suor do trabalho.

A Igreja, que está em Petrópolis, ao ver as lágrimas nas faces de seus filhos e filhas, tem procurado, com a ajuda de muitos, prestar todo tipo de suporte possível: material, médico, psicológico e sobretudo espiritual, iluminando o vale tenebroso do medo e da morte a com a brilhante luz que emerge de Jesus Ressuscitado. Nunca podemos nos esquecer que, mesmo nesse vale sombrio, podemos contar com a presença misteriosa do Senhor, que nos dá segurança e, por isso, de nenhum mal haveremos de ter medo (Sl 22,4).

Com grande confiança em Deus continuaremos nossos trabalhos fraternos em favor de todos os que sofrem as consequências dessa tragédia. Assim, instituímos em toda a Diocese de Petrópolis o DIA DE ORAÇÃO PELAS VÍTIMAS DA TRAGÉDIA DAS CHUVAS, a ser celebrado nesse ano de 2022, no próximo dia 20 de fevereiro. Os sacerdotes celebrarão as Santas Missas na intenção dos atingidos e, também, em sufrágio dos falecidos, fazendo especial menção na Oração dos Fiéis. Convocamos também os nossos diocesanos a se unirem em prece e realizarem, nesse mesmo dia, especiais orações nas mesmas intenções.

Dada a urgência desse comunicado, pedimos a utilização de todos os meios de comunicação para que ele possa chegar ao maior número de pessoas.

Com a bênção do Senhor, que está entre nós,

Dom Gregório Paixão, OSB
Bispo de Petrópolis”

*Fonte: Site da Diocese de Petrópolis

Veja Também