Arquidioceses publicam novas orientações para realização de missas com a presença de fiéis

0

Em alguns estados do país, os governos já estão anunciando, por meio de decretos, a abertura de igrejas e autorizando as atividades religiosas, porém, com regras de distanciamento e com 30% da capacidade de público. Tendo em vista essa nova realidade, a Arquidiocese de Florianópolis (SC), por exemplo, divulgou na terça-feira, 21 de abril, novas orientações aos católicos dos 30 municípios de seu território. Um dos pontos em destaque é que sejam cumpridas com rigor as orientações das autoridades de saúde pública municipais, que podem emitir normas mais restritivas se necessário.

As missas e outras celebrações com a presença de fiéis por lá foram autorizadas, mas com algumas orientações. A lotação máxima de 30% da capacidade da igreja deverá ser respeitada e, além disso, somente as pessoas com máscaras poderão adentrar na igreja e deverão fazer a higienização das mãos com álcool gel 70%. As orientações podem ser lidas aqui.

Diante das novidades trazidas pelo Decreto do Poder Executivo do Estado de Goiás, a Arquidiocese de Goiânia também refletiu sobre a possibilidade. Na ocasião, publicou um decreto autorizando as paróquias que tenham condições de atender às exigências apresentadas pelo Poder Executivo Estadual e Municipal de realizarem celebrações. A arquidiocese permite que as celebrações sejam feitas no domingo (Goiânia) e também no sábado (outras cidades que permitem dois dias de atividades religiosas na semana), obedecendo alguns critérios. Confira aqui as orientações.

A Arquidiocese de Londrina (PR), em consonância com as orientações das autoridades competentes, informou também que, a partir do dia 20 de abril, as secretarias paroquiais retornarão às atividades de forma gradual e as igrejas estarão abertas para oração pessoal e para atendimento individual, mediante o uso de álcool gel, máscara protetora e distanciamento de dois metros, mas ainda sem as celebrações presenciais e sem aglomeração de pessoas. Confira aqui o comunicado.

A Arquidiocese de Campo Grande (MS) publicou as novas regras para a realização de atividades religiosas com a presença de público. Dentre as orientações está a possibilidade de as celebrações serem realizadas obedecendo o limite máximo de 30% da capacidade normal de cada igreja. A arquidiocese também deixa claro que é necessário que haja o controle do fluxo de entrada de pessoas e, se formarem filas, deve ser respeitado o distanciamento social (distância mínima de 1,5 metros entre cada duas pessoas). Confira aqui as informações.

A Arquidiocese de Maringá (PR) autorizou os padres das paróquias da cidade de Maringá a abrirem as igrejas e secretarias paroquiais. A decisão foi tomada no último dia 14 de abril, após deliberação com a prefeitura de Maringá, levando em conta a autorização do governo do Estado do Paraná.

As celebrações com o público e reuniões presenciais ainda não estão autorizadas. As pessoas poderão ir às igrejas para rezar individualmente, sem aglomerações. Atendimentos individuais também estão permitidos.  A entrada nas igrejas deverá ser controlada. Todos os templos deverão oferecer álcool em gel e os funcionários das paróquias devem usar máscaras. Leia as orientações aqui.

Em Governador Valadares (MG), o bispo diocesano comunicou aos fiéis católicos que, a partir de segunda-feira, 20 de abril, as atividades religiosas voltarão a acontecer, tanto na matriz como nas comunidades, desde que sejam observadas algumas determinações, que podem ser conferidas aqui.

Em Osório (RS), dom Jaime Pedro Kohl, emitiu um novo comunicado tratando principalmente sobre a celebração da Santa Missa com a participação presencial de fiéis. A orientação da diocese para as suas 23 paróquias no Litoral Norte gaúcho, é de que a partir da “flexibilização do poder público, algumas paróquias já iniciaram a possibilitar a participação dos fiéis em modo presencial, respeitando a normativa: não mais de 30 pessoas, distância mínima de dois metros entre as pessoas, uso de máscaras, ambiente arejado, disponibilização de álcool gel e kit completo de higiene nos banheiros”. Confira aqui as orientações.

A Diocese de Caxias do Sul (RS) publicou na tarde de segunda-feira, dia 20, um comunicado oficial sobre a reabertura das igrejas e oratórios para oração pessoal. O comunicado também apresenta as orientações sobre as normas de assepsia e distanciamento. Leia aqui.

As novas orientações estaduais e municipais a respeito das medidas de prevenção à pandemia do Coronavírus motivaram também a Arquidiocese de Passo Fundo (RS) a emitir uma nova nota de orientações e normas quanto à abertura das Igrejas e outras atividades pastorais. No documento, se mantém suspensas as missas com público e, também, as reuniões, catequeses e outras ações. Já as secretarias paroquiais e igrejas podem ser abertas, fora do horário das missas, respeitando os Decretos Municipais. Confira aqui.

*Fonte: Site da CNBB

Conteúdo Relacionado
X