Arquidiocese ordena um padre e um diácono no dia do fechamento da Porta Santa

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

*Texto: Leandro Novaes (Folha Missionária)

No último domingo, 13 de novembro, uma celebração muito especial foi realizada na Catedral Metropolitana de Juiz de Fora. O clero de nossa Igreja Particular recebeu um novo diácono, Bill Jonatas de Souza, e também um novo sacerdote, Miguel Souza Lima Campos, que foram ordenados pela imposição das mãos do Arcebispo Dom Gil Antônio Moreira. A data também marcou o encerramento do Ano Santo, com o fechamento da Porta da Misericórdia ao final da solenidade.

O neossacerdote Miguel Campos demonstrou sua alegria em se tornar padre. “Acordei hoje muito feliz e satisfeito por ver as pessoas a minha volta também felizes por mim. Isso é muito gratificante e só tenho a agradecer a Deus por me dar o dom do sacerdócio. Espero que eu possa ser, na graça de Deus, um bom padre”, destacou. O novo diácono transitório, Bill Jonatas, por sua vez, disse que esse momento já era muito aguardado por ele. “Estou muito feliz, me sentindo muito bem acolhido pelo Arcebispo e pelos meus irmãos. Minha sensação neste momento é de alegria e gratidão. Como diácono, espero poder ajudar ainda mais a Igreja no que for necessário.”

O Arcebispo Metropolitano, Dom Gil Antônio Moreira, falou sobre as ordenações e também sobre a conclusão do Ano Santo em todas as Dioceses do mundo inteiro. “Unimos todas essas intenções numa única celebração. Encerrando as Portas Santas, nós associamos a ordenação de um sacerdote e um diácono. Esses poderiam ser chamados de ‘Diácono da Misericórdia’ e ‘Presbítero da Misericórdia’. Vai ficar marcado no coração deles essa palavra, sobre a qual nós vivemos durante um ano como que numa escola, numa faculdade, para aprofundarmos nosso conhecimento, nossa vivência sobre a misericórdia, pois ela só tem sentido se for praticada, e não apenas venerada”.

Após a solenidade de ordenação dos novos integrantes do clero da Arquidiocese de Juiz de Fora, Dom Gil conduziu o rito de fechamento da Porta Santa. Ela permanecerá fechada até o Natal, quando será retirada, assim como nas outras igrejas onde foram instaladas. O Arcebispo lembrou ainda que, por conta disso, a entrada e saída dos fiéis poderão ficar mais lentas em grandes celebrações, recomendando a todos que utilizem as portas laterais das igrejas.

Clique aqui e confira as fotos da celebração.

Outras informações:
Assessoria de Comunicação Arquidiocese de Juiz de Fora: (32) 3229-5450

Veja Também