Santuário de Uberaba (MG) é elevado a Basílica Menor

Foto: Arquidiocese de Uberaba
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

No último dia 15 de maio, os católicos da pequena cidade de Romaria (MG) ganharam mais um motivo para celebrar os 153 anos do Santuário de Nossa Senhora da Abadia, que está ligado à Arquidiocese de Uberaba.

O Santo Padre, Papa Francisco, concedeu ao santuário o título de Basílica Menor, que, de acordo com o Decreto Domus ecclesiae, da Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos, é uma igreja “dotada de especial importância para a vida litúrgica e pastoral”.

O mesmo decreto diz ainda que ela “deve ser dedicada a Deus com rito litúrgico e ser centro de atividade litúrgica e pastoral da (arqui)diocese, sobretudo para as celebrações da Santíssima Eucaristia, da Penitência e dos demais sacramentos”, sendo “exemplar na preparação e desenvolvimento, na fiel observância das normas litúrgicas e com a participação ativa do povo de Deus”. Além disso, a basílica menor precisa ter “certa reputação em toda a (arqui)diocese”.

O pedido havia sido feito em 2019, por ocasião dos 150 anos do santuário, que concentra uma das devoções marianas mais populares no estado mineiro.

Segundo a arquidiocese, com o título de basílica menor, a igreja mineira cria um “vínculo com a igreja de Roma e com o Santo Padre, além de ser exemplo e testemunho de fé, promovendo um centro particular de ação litúrgica e pastoral na arquidiocese, e na cidade de Romaria e passa a ser um centro de irradiação do Evangelho através da liturgia, pastoral e formação, além de propagar os documentos papais e da Santa Sé”.

A Arquidiocese de Uberaba já possui outras duas basílicas menores: a Basílica do Santíssimo Sacramento Apresentado pelo Patrocínio de Maria, em Sacramento (MG), e a Basílica de Nossa Senhora D’Abadia, em Uberaba (MG).

Fonte: Site A12

Veja Também