Santa Rita de Jacutinga celebra 73 anos de falecimento de Monsenhor Marciano

Foto: Retirada do Facebook da Paróquia Santa Rita de Cássia, de santa Rita de Jacutinga
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

No último domingo, 23 de junho, a paróquia Santa Rita do Jacutinga celebrou 73 anos de falecimento de Monsenhor Marciano Bernardes da Fonseca, mais conhecido como “Padrinho Vigário”. A missa comemorativa foi realizada na Matriz, presidida pelo vigário geral, Monsenhor Luiz Carlos de Paula e concelebrada pelos padres Marcio Aurélio Neves, pároco do local e Luciano Atanázio, que é natural da cidade.

Monsenhor Marciano possui o título de Servo de Deus, ele foi um sacerdote santo, servidor de toda a região, um grande missionário. Seu processo de beatificação e canonização está em tramite.

Em entrevista a Web TV A Voz Católica, Monsenhor Luiz Carlos, que também é natural de Santa Rita de Jacutinga, falou de sua satisfação em estar presente neste dia, “é com alegria que percebemos o amor e o carinho que todo o povo tem para com esse grande sacerdote, que viveu por quase 60 anos. Passou fazendo o bem. Seu lema é a bondade e o amor, como cantamos no hino do Monsenhor”.

Foto: Facebook Paróquia de Santa Rita de Cássia – Santa Rita de Jacutinga

A comunidade possui o desejo de ver essa figura de santidade ser beatificada. “Nesse dia pedimos ao Senhor, nosso Deus, pela beatificação e canonização do servo de Deus, Monsenhor Marciano. Pedimos a Deus as graças que nos são necessárias por intercessão desse fiel servo”, afirmou Monsenhor.

O pároco de Santa Rita explicou, também para a Web TV da arquidiocese, o motivo da celebração desse dia. “É um dia de celebração de festa, sobretudo pela presença dele, em nosso meio, por 59 anos. Nesse dia em que o Evangelho nos convida a responder quem é Jesus, nós temos Monsenhor Marciano como alguém que nos aponta, pela sua própria vida e dedicação nessa paróquia e pelas obras de caridade que ele realizou, e nos ajuda a entendermos que Jesus é o filho de Deus, nosso Salvador”, explicou o sacerdote.

O dia foi marcado também pelo para o lançamento de mais um número do informativo Monsenhor Marciano, a edição 5 do ano 4.

Veja Também