Reunião da Província Eclesiástica de Juiz de Fora tem palestra sobre “Reforma Política”

DSC02561
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

O prédio da Cúria Metropolitana recebe, desde a manhã desta terça-feira (17), a primeira reunião de 2015 da Província Eclesiástica de Juiz de Fora, composta pela Arquidiocese de Juiz de Fora e pelas dioceses de São João Del-Rei e Leopoldina. O evento conta com a presença do arcebispo metropolitano de Juiz de Fora, Dom Gil Antônio Moreira, do bispo da Diocese de São João Del-Rei, Dom Célio de Oliveira Goulart, e do bispo da Diocese de Leopoldina, Dom José Eudes Campos do Nascimento.

A reunião, da qual também participam sacerdotes que auxiliam os bispos nos trabalhos das dioceses, como vigários gerais, ecônomos e coordenadores de pastoral, foi iniciada com café da manhã e seguida de oração, na Capela do prédio da Cúria. Logo após, os presentes foram convidados a assistir a uma palestra do deputado federal Marcus Pestana, que falou sobre Reforma Política. Na ocasião, também estiveram presentes o prefeito de Juiz de Fora, Bruno Siqueira, e o vice-prefeito, Sérgio Rodrigues.

Segundo Dom Gil, a abordagem de tal tema foi uma proposta da última reunião da Província Eclesiástica, dadas as dúvidas que gera em parte do episcopado. O arcebispo afirma que a palestra foi esclarecedora e mostrou as vantagens e os defeitos de alguns pontos da Reforma Política. “Foi uma manhã de muita importância para nós, para nossa conscientização política. Se nós, bispos e padres, não devemos nos candidatar a cargos políticos, ao mesmo tempo nós precisamos ter clareza de ideias para orientar os fiéis, inclusive aqueles leigos que devem candidatar-se, como a Santa Igreja sempre pede”.

Ao final de sua fala, o deputado Marcus Pestana, que é membro da Comissão Especial da Reforma Política, destacou a presença essencial da Igreja Católica, por meio da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), nos grandes momentos de mudanças no país. “Pela capilaridade, pelo enraizamento que a Igreja tem na sociedade, ela vai cumprir um papel inestimável de difundir a reflexão, de coletivizar informações e propiciar o aumento da consciência das pessoas em torno deste importante assunto”.

Após o término da palestra, padres e bispos da Província Eclesiástica deram início à análise de outros temas, também previstos na pauta da reunião.

Clique aqui e confira outras imagens da reunião.

Outras Informações:
Assessoria de Comunicação Arquidiocese Juiz de Fora: (32) 3229-5450

Veja Também