Paróquia São Sebastião de Santos Dumont (MG) comemora 70 anos de evangelização

0

No último domingo, 31 de maio, a Paróquia São Sebastião, da cidade de Santos Dumont (MG), completou 70 anos. Fundada em 1950, sua história inclui o trabalho de diversos padres que por lá passaram e também de um povo atuante, que realiza um frutífero caminho de evangelização em todos esses anos.

Em entrevista à Rádio Catedral, o atual Pároco, Padre Elton Adriane de Oliveira, empossado em fevereiro de 2018, contou que a história da difusão da fé na cidade teve início com a presença dos freis franciscanos. Ao falar especificamente da paróquia em que atua, o sacerdote lembrou dos últimos presbíteros que por lá passaram. “Monsenhor Viana, Padre Anchieta, Padre Elpídio, Padre Antônio Eduardo. Foram padres que fizeram um trabalho muito intenso de pastoral, de evangelização, que fez com que essa paróquia se tornasse muito viva, muito dinâmica, muito vibrante. É um povo alegre, acolhedor, um povo de fé e extremamente generoso”.

A celebração dos 70 anos da paróquia aconteceu em meio à pandemia do novo coronavírus, em que as igrejas, por conta do distanciamento social, celebram de forma privada, sem a presença dos fiéis. “A paróquia aqui é muito viva e a participação do povo de Deus nas missas é muito intensa, sobretudo nos dias de domingo. Algumas pessoas até brincam: nós temos que aumentar a igreja, porque ela já está pequena para os que vêm celebrar conosco. O povo aqui é ordeiro, obediente, então nós temos que obedecer às medidas das autoridades da saúde pública e da vigilância sanitária. Neste momento a ordem é que a gente viva o isolamento social, até mesmo para proteger vidas. As pessoas acolheram essa normativa bem, mas isso tem causado sofrimento. Muitos ligam, conversam por telefone, mandam mensagens por celular; estão tristes, mas compreendem bem a necessidade desse afastamento agora, para que na hora mais oportuna a gente possa voltar a se reunir, a celebrar, a ter os nossos momentos de formação”, explicou o Pároco.

Padre Elton destacou que, apesar de não estarem reunidas nas igrejas, as famílias são incentivadas a celebrar em casa, em sua Igreja Doméstica. “Hoje em dia as pessoas fazem muito as celebrações nas suas casas. Eu mesmo tenho preparado vários roteiros de celebração, os dominicais, das festas principais. Nós criamos um grupo de Whatsapp em que temos um alcance de mais ou menos duas mil pessoas que recebem esses roteiros”.

Uma grande festa estava preparada para 2020 na Paróquia São Sebastião e, segundo Padre Elton, mesmo ainda sem data definida, ela será celebrada assim quer for possível. “Seria um momento de muita alegria e de muita bênção, ainda mais porque este ano – seja por providência ou coincidência, não sei – 31 de maio foi Dia de Pentecostes. Por causa das incertezas acerca da pandemia da Covid-19, nós não vamos programar nada, pelo menos por enquanto, mas pode estar certo que assim que a gente tiver uma diretriz mais acertada, vamos programar uma festa bonita para celebrarmos com o povo de Deus esses 70 anos de história”.

De uma fé viva: assim Padre Elton definiu o povo da cidade de Santos Dumont. Já aquela porção do povo de Deus que ele pastoreia na Paróquia São Sebastião, disse que são pessoas sedentas de Deus, que colocam a sua fé em prática com acolhimento e generosidade. “O povo de Santos Dumont é um povo de fé, de uma fé genuína, uma fé autêntica. Agora, de modo especial, vou falar do povo da Paróquia São Sebastião: o povo daqui é sedento de Deus. E se tem uma virtude que a gente pode exaltar é a generosidade. Em abril nós fizemos uma campanha de recolhimento de alimentos para assistir às famílias carentes da cidade. Recolhemos quase 300 cestas básicas e conseguimos atender muita gente”.

A Paróquia São Sebastião é composta por 15 comunidades e uma Área Missionária, além da Matriz. É possível conhecer um pouco mais da paróquia através da sua página no Facebook.

*Com informações do site da Rádio Catedral

Conteúdo Relacionado
X