Francisco encontra Representantes Pontifícios no Vaticano

*Encontro do Papa com Representantes Pontifícios no Vaticano (Vatican Media)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

A Sala de Imprensa da Santa Sé informou que o encontro trienal dos Representantes Pontifícios, desejado pelo Papa Francisco, será realizado de 7 a 10 de setembro. No comunicado, o programa dos quatro dias de trabalho:

“Na quarta-feira (7) às 8 horas, a reunião será aberta com a Concelebração Eucarística presidida pelo Cardeal Parolin na Capela do Coro, na Basílica de São Pedro. O primeiro dia será dedicado às reuniões com os superiores da Secretaria de Estado e alguns responsáveis da Cúria Romana e será concluído com um encontro com o Corpo Diplomático acreditado junto à Santa Sé”.

“Na quinta-feira (8) às 9 horas, os Representantes Pontifícios serão recebidos em audiência pelo Papa no Palácio Apostólico. Depois disso, continuarão as reuniões e à noite, às 19h, os representantes participarão das solenes vésperas na Capela Sistina”. Na sexta-feira, haverá trabalho em grupos divididos por continente. Enquanto que no sábado, será realizada uma Concelebração Eucarística presidida pelo Papa na Casa Santa Marta, às 7h30, seguida por reuniões e trabalhos. “O encontro será concluído no final da manhã, às 12h”, continua o texto, “com uma meditação espiritual aos cuidados de Monsenhor Angelo Acerbi, Núncio Apostólico”.

O comunicado da Sala de Imprensa do Vaticano informa também que “no encontro, presidido pelo Cardeal Secretário de Estado, estarão presentes superiores da Secretaria de Estado, 91 Núncios Apostólicos e 6 Observadores Permanentes sem status episcopal. São cinco os Representantes Pontifícios não poderão comparecer por motivos de saúde ou outros impedimentos”.

O texto também especifica que “no serviço diplomático da Santa Sé, além dos já mencionados Representantes Pontifícios, existem atualmente 167 colaboradores na função diplomática trabalhando nas Nunciaturas ou na Secretaria de Estado, enquanto 4 ex-alunos da Pontifícia Academia Eclesiástica, tendo concluído sua formação, estão envolvidos no ano missionário no exterior desejado pelo Papa Francisco”.

*Fonte: Site do Vatican News

Veja Também