Festa em honra à Beata Isabel Cristina será celebrada pela primeira vez

Nesta sexta-feira, dia 1º de setembro, acontece, pela primeira vez, a festa litúrgica da Beata Isabel Cristina. A jovem nascida em Barbacena (MG), que pelo modo como Isabel Cristina morreu, defendendo os valores da castidade, e pela forma como viveu, foi reconhecida pela igreja como beata.

Elevada a honra dos altares em 10 de dezembro de 2022, esta será a primeira vez que as festividades em memória da Virgem e Mártir serão comemoradas nas Arquidiocese de Mariana e Juiz de Fora. Na Catedral Metropolitana de Juiz de Fora, as celebrações desta sexta-feira (1º) terão a intenção de Isabel Cristina, às 7h, 12h, 15h e 19h. Também nas Eucaristias no Colégio do Carmo, às 6h20; na Comunidade Santa Maria Eufrásia, às 16h; e na Casa D’Itália às 19h.

Em Barbacena, na Paróquia Nossa Senhora da Piedade, está sendo realizada uma novena, às 12h e 19h. No dia solene, estão previstas as celebrações de seis Missas, às 7h, 9h, 12h, 15h e 19h, sendo esta última presidida por Dom Gil Antônio Moreira, seguida de uma procissão luminosa.

História da beata

Isabel Cristina Mrad Campos nasceu aos 29 de julho de 1962, em Barbacena (MG). Em 1982, mudou-se para Juiz de Fora (MG), a fim de se preparar para o vestibular de medicina, quando em 1º de setembro daquele ano um homem tentou violentá-la. Como a jovem ofereceu resistência, foi assassinada.

Em 27 de outubro de 2020, o seu martírio foi reconhecido pelo Papa Francisco. Isabel Cristina foi proclamada beata no dia 10 de dezembro de 2022, em cerimônia realizada no Parque de Exposições Senador Bias Fortes, em Barbacena, em celebração presidida pelo Cardeal Dom Raymundo Damasceno Assis.

A festa litúrgica da Beata Isabel Cristina será no dia 1º de setembro, data em que ela sofreu o martírio e nasceu para o céu.

*Com informações de Arquidiocese de Mariana

Veja Também