Festa de São Pio X: 30 anos de evangelização, amor e missão

0

A Paróquia São Pio X completou 30 anos de história. Atualmente a Matriz de São Pio X, localizada no bairro Ipiranga, administra outras 10 comunidades em diferentes bairros da zona sul de Juiz de Fora. A Paróquia que é administrada pelos padres da Congregação Missionários do Sagrado Coração de Jesus (MSC), já foi responsável por paróquias que hoje pertencem a diocese, como lembra Padre Magno Luis Neto da Silva, Pároco da Igreja. “A paróquia de São Pio X nasce da paróquia de Santa Luzia. Há 30 anos atrás as regiões do Ipiranga, Teixeiras e Santa Luzia pertenciam a mesma paróquia. Toda a região era administrada pelos padres Missionários do Sagrado Coração, na época os padres holandeses. Com o tempo a região e as comunidades foram crescendo e com isso se viu a necessidade de uma nova paróquia”

Padre Magno Luis e São Pio X

Um dos grandes responsáveis pela homenagem à São Pio X como padroeiro da igreja Matriz foi o Monsenhor Vicente de Paulo Penido Burnier, o primeiro padre surdo da América Latina e do Brasil, e segundo no mundo, como lembra Padre Magno.  “A escolha de São Pio X como padroeiro tem a ver com a presença de Monsenhor Burnier que era devoto de São Pio X, pois ele foi o Papa que autorizou a ordenação de homens deficientes. Como forma de agradecimento por essa graça, ele o escolheu como padroeiro da Matriz e da Paróquia. ”

A Matriz de São Pio X foi instituída Paróquia no dia 25 de abril de 1989, mas a festa acontece na semana do Padroeiro. Este ano a novena contou com a presença de padres que fizeram parte dessa história, como destaca o Pároco. “Durante a nossa novena vários retornaram. Infelizmente muitos dos antigos Párocos não conseguiram estar presentes, mas boa parte compareceu. O povo se sentiu muito feliz em relembrar esta história, revendo os padres que batizaram os filhos e netos. É bonito ver os frutos desta história acontecendo perto de nós.”

Imagens que são parte da história da paróquia

Padre Magno Luis reforça, a importância que os padres pertencentes à Congregação dos Missionários do Sagrado Coração de Jesus, tiveram para o fortalecimento da fé na região. “Temos o orgulho e a alegria de dizer que nestes 30 anos nós tivemos presentes em todos os momentos, nas alegrias e nas dificuldades, mas com muito desejo de construir o reino de Deus. Foram vários missionários que por aqui passaram entre brasileiros e holandeses, muitos se alegraram e se encontraram com Deus nas pessoas desta paróquia.”

 

Colaboração: Elias Arruda

Conteúdo Relacionado
X