Dom Gil celebra missa do 6º domingo do tempo comum

0

O Arcebispo Metropolitano de Juiz de Fora, Dom Gil Antônio Moreira, celebrou no último domingo (14), a Missa do 6° domingo do tempo comum. A Missa foi concelebrada pelo Padre José de Anchieta Moura Lima. O Diácono Antônio Valentino da Silva Neto serviu no altar.

Durante a homilia o Pastor falou sobre o leproso curado por Jesus e a confiança em Deus. “A Igreja nos traz a reflexão sobre a cura do leproso em três sentidos: primeiro a cura física. Jesus cura fisicamente, Deus nos quer com saúde. A doença entra como algo que nos perturba e com ela nós precisamos ter confiança em Deus.”

Outro aspecto importante abordado foi sobre o novo sentido da vida e dignidade oferecido por Jesus ao homem curado. “ Jesus cura o leproso e o liberta de tantas coisas que vivia antes: seu isolamento em sentido de humilhação, vivia sujo, barba grande, cabelo desorganizado… Agora ele pode tomar o seu banho, ser uma pessoa normal.”

O Arcebispo concluiu falando sobre a caminhada que faremos na quaresma em busca da remissão de nossos pecados. “Aa lepra é sempre um sinal do pecado, a imagem dele. Nós temos lepra no corpo e na alma, então Deus nos cura através do sacramento da confissão e da conversão no dia a dia. Assim nós vamos nos preparando para a chegada da quaresma que vai chegando com o rito da cinza onde vamos nos introduzindo na caminhada de 40 dias em direção a páscoa. Deus vai nos ajudar a vencer o mal e a praticar o bem.”

No final da Missa Dom Gil informou que, devido a pandemia, autorizou os padres a realizarem a celebração das cinzas até sexta-feira (19). Confissões coletivas não acontecerão, porém, os sacerdotes atenderão o máximo de pessoas possíveis em confissões individuais, seguindo todo o protocolo de segurança e afastamento social.

Conteúdo Relacionado
X