Arquidiocese de Juiz de Fora e Congregação do Santíssimo Sacramento acertam últimos detalhes de convênio

*O Superior Provincial, Padre Marcelo, e o Arcebispo, Dom Gil, acertaram os últimos detalhes do convênio
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

No dia 30 de novembro, o Arcebispo Metropolitano, Dom Gil Antônio Moreira, recebeu, no Lar Sacerdotal Mater Christi, a visita de lideranças da Congregação do Santíssimo Sacramento. Estiveram presentes o Provincial da Província Nossa Senhora de Guadalupe (que contempla Brasil, Argentina e Chile), Padre Marcelo Carlos Silva, SSS; o Ecônomo Provincial, Padre Jackson Frota, SSS; o Secretário Provincial e Formador do Pré-Noviciado (etapa da Filosofia), Padre José Elissandro Santos de Santana, SSS; e a Provincial das Servas do Santíssimo Sacramento, Irmã Udesira Mata.

*Sacramentinos visitaram o Lar Sacerdotal

Após acolhida e rápida conversa, os Sacramentinos acompanharam o Arcebispo e os demais residentes no almoço. Em seguida, conheceram a estrutura da casa e se reuniram com Dom Gil para as últimas definições para a assinatura do convênio entre a Arquidiocese de Juiz de Fora e a congregação, que abrirá uma Missão na sede de nossa Igreja Particular.

Na ocasião, ficou acertada a instalação do Seminário do Pré-Noviciado, local que receberá, a partir de janeiro de 2022, 15 seminaristas Sacramentinos. Eles farão Filosofia no Centro Universitário UniAcademia, curso que é ministrado nas dependências do Seminário Arquidiocesano Santo Antônio. A casa de formação funcionará no segundo andar da residência que fica anexa ao Cenáculo São João Evangelista e que passa por reforma. Também foi aceito, pelo Arcebispo de Juiz de Fora, o Uso de Ordens de Padre Elissandro como Capelão do Cenáculo, Administrador da Comunidade Sacramentina e formador do Seminário, e do Padre Jesus Mateus Silva como Superior da Comunidade.

*Comitiva recebe atualizações sobre a reforma realizada no segundo andar do convento que fica anexo ao Cenáculo

Dom Gil resumiu como uma grande bênção para a Arquidiocese a chegada dos padres Sacramentinos, visto que as Servas do Santíssimo Sacramento já estão presentes em nossa Igreja Particular há mais de 70 anos. “Pretendemos transformar o Cenáculo em Santuário Eucarístico e entreguei para eles esta responsabilidade: a divulgação do amor à Eucaristia, tanto no sentido de recebê-la quanto no de compartilhar o pão com os pobres que não têm o que comer. Nesta caminhada rumo ao centenário diocesano, receber a Comunidade Sacramentina é uma grande bênção de Deus”, revelou o Pastor. A transformação do Cenáculo em um Santuário Eucarístico está prevista para 2024, ano do centenário da Diocese de Juiz de Fora.

Segundo Padre Marcelo, o projeto começou há cerca de oito meses, em razão do desejo de mais uma Missão Sacramentina e de um espaço maior para formação dos futuros religiosos e presbíteros. “Estamos agora próximos dessa celebração da nossa chegada na Arquidiocese de Juiz de Fora e desejamos somar muito junto às Servas do Santíssimo Sacramento e ao povo de Deus que aqui no Cenáculo vive e serve à comunidade de fé.” O Provincial ainda apontou as contribuições da congregação para a Igreja de Juiz de Fora. “Nós pretendemos somar naquilo que fazemos de melhor, que é viver e anunciar o Reino a partir das riquezas do amor de Deus presentes na Eucaristia. O Cenáculo é uma fonte Eucarística muito profunda, por onde passam muitas pessoas para beberem na fonte, e o que nós pretendemos é ajudar essa fonte a estar ainda mais a serviço da missão eucarística para o povo de Deus e a essa querida Arquidiocese.”

*Visita terminou na Catedral Metropolitana

Depois da conversa no Lar Sacerdotal, todos se dirigiram ao Cenáculo, onde foram atualizados sobre as obras. Em seguida, encaminharam-se para a Catedral Metropolitana, sendo recebidos pelo Vigário Paroquial, Padre Luiz Carlos Vitório. Dom Gil falou aos Sacramentinos sobre a revitalização interna do templo religioso e, logo após, foi oferecido um café aos visitantes, na casa paroquial. Na ocasião, também estavam presentes dois pré-diáconos da Congregação do Santíssimo Sacramento que passaram cerca de um mês em Juiz de Fora.

A cerimônia de inauguração e bênção da Comunidade Sacramentina ficou agendada para o dia 22 de janeiro, às 17h, com Missa no Cenáculo São João Evangelista, presidida pelo Arcebispo, Dom Gil Antônio Moreira. Na ocasião, o Pastor entregará ao Provincial Sacramentino o convênio assinado, simbolizando o início da presença da congregação na Arquidiocese de Juiz de Fora. Esta celebração será precedida por tríduo preparatório, a ser realizado nos dias 19, 20 e 21 de janeiro.

Veja Também