Ação de graças é celebrada por doações às famílias vítimas das chuvas

Na tarde do último domingo, dia 20 de março, a Paróquia São Mateus sediou a Missa de Ação de Graças pelas contribuições da Cáritas Regional de Minas Gerais aos atingidos por enchentes no final do ano passado. A Celebração foi presidida pelo Arcebispo Metropolitano, Dom Gil Antônio Moreira, e concelebrada Vigário Episcopal para a Caridade, Pe. Geraldo Dondici Vieira.

A Eucaristia contou com a presença de representantes da Cáritas, dentre eles o secretário do Regional, Samuel da Silva. Ele explicou que, desde o ano passado, a Cáritas Brasilieira, juntamente com a CNBB lançou a Campanha “SOS Bahia e Minas Gerais: Solidariedade que Transborda” para ajudar as famílias que sofreram com as fortes chuvas em ambos estados. “A primeira fase da campanha foi uma fase de doações de alimentos, de produtos de material de higiene, água… Agora estamos na fase de contribuir na reconstrução de suas vidas. A gente está contando com vários outros parceiros. A Fundação Banco do Brasil que é uma das parceiras nesse projeto agora, que tem o objetivo de doar itens de eletrodomésticos e ajudar com material de reforma das moradias”, relatou o secretário.

Também estiveram participando da Santa Missa, Vicentinos e famílias que receberão as doações. Em entrevista, o Vigário para a Caridade contou que a Cáritas reservou 150 mil reais para oferecer móveis e eletroeletrônicos que estão entregues para 60 famílias em vulnerabilidade distribuídas em áreas de Juiz de Fora bastante atingidas por alagamento.

Durante a homilia Dom Gil fez questão de agradecer a Cáritas e falar sobre temas importantes na atualidade. Ele recordou que algumas pessoas questionam a situação das chuvas e se perguntam se as vítimas são mais pecadoras, ele, no entanto, lembrou que muitas situações são consequências da ação do homem. Ao explicar isso, o Arcebispo conectou o assunto à guerra entre Ucrânia e Rússia. “Deus fala e o mundo não aprende”, afirmou Dom Gil.

Ele ainda tratou da Campanha da Fraternidade que ajuda na conversão e chama a todos para “educar para a fé, amor, diálogo, para modificar o jeito de ser”. Ele afirmou que o mundo precisa de conversão, sendo a primeira atitude de conversão, a caridade, uma maneira de exercer a atitude educadora. Como exemplo destacou o trabalho dos Vicentinos, que segundo ele dão lição para aqueles que não creem.

Após a Santa Missa, os envolvidos nas doações se dirigiram ao centro pastoral da igreja para uma confraternização. No local, o Arcebispo frisou mais vez que a caridade é prioridade na Arquidiocese de Juiz de Fora. “Peço a Deus que ajude que coração da pessoa humana seja cada vez mais aberto aqueles que são necessitados ou que padecem de resultados de acidentes geológicos, atmosféricos como estes que presenciamos. Todos nós devemos estar unidos para atender essas necessidades”, completou ele.

O trabalho de seleção das famílias atendidas foi feito com ajuda das pastorais do Vicariato e, principalmente, com a Sociedade São Vicente de Paulo. O Cfd. Wandemberg Medeiros, Coordenador do Departamento de Comunicação, se emocionou ao falar aos presentes. “É a primeira vez que vejo a doação de móveis novos! Quando fui olhar os móveis e não enxerguei móveis, mas sim benção para todos nós, aqueles que doam e também para aqueles que vão receber”.

Ele contou que grande parte dos afetados pelas chuvas são do Bairro Igrejinha, que todos os anos sofrem com os alagamentos. “Há dois anos venho pensando, o que a gente pode fazer a mais por essas famílias. Às vezes, a gente só consegue uma roupa, um móvel, talvez não em boas condições, porque são muitos. E, mais uma vez, a palavra de Deus se cumpre no nosso meio, eu confesso que estou ainda mais emocionado por isso, por ver vocês, vicentinos, pastoral das crianças, do menor, com tanto zelo fazem seu trabalho de amor ao próximo e hoje nós podemos dizer que todos nós estamos recebendo estas benções de Deus”, relatou ele com voz embargada.

Os móveis e eletroeletrônicos serão entregues em breve. O atraso na entrega é devido aos atrasos das transportadoras das lojas.

Veja Também