RCC Juiz de Fora dá primeiros passos na construção da sede oficial

0

A Renovação Carismática Católica (RCC) da Arquidiocese de Juiz de Fora aguarda liberação, por parte da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF), do projeto de construção da sede própria na cidade. O documento foi entregue em dezembro de 2018, assinado por engenheiros da construtora Rezato, que apoia o movimento. O terreno, que possui 2.700m², fica localizado no loteamento Bom Jardim, no Bairro Linhares, e é de propriedade da PJF. Com a chamada “Permissão de Uso de Bem Público”, o terreno passou a ser de uso da RCC.

De acordo com o documento assinado, após a liberação do terreno, o movimento teria três meses para a apresentação de um projeto de construção. O documento foi entregue dentro do prazo. Agora, equipes da PJF avaliam o local para a liberação do projeto, por isso o mesmo ainda não pode ser divulgado.

Para o coordenador arquidiocesano da RCC, este é um momento inédito vivenciado pelo movimento na cidade. “Nós sonhamos com esta sede há muitos anos e, depois de um trabalho árduo de muitas pessoas durante todos esses anos, conseguimos agora tirar do papel este projeto de Deus”.

Inicialmente, o projeto prevê a construção de uma sede com salas, escritório, recepção, banheiros e um salão amplo para eventos acompanhado de cozinha, além de uma área externa. Mas ainda pode sofrer alterações, até ser aprovado. “Vamos começar fazendo uma estrutura simples e com o passar do tempo poderemos ir ampliando, mas tudo segundo à vontade de Deus e de acordo com nossas possibilidades”, destaca Alexandre.

Entenda o caso

A Renovação Carismática Católica (RCC) da Arquidiocese de Juiz de Fora conquistou, em reunião realizada no dia 24 de setembro de 2018 com a Prefeitura de Juiz de Fora (PJF), a permissão oficial de uso do terreno onde está prevista a construção da sede do movimento na cidade. A autorização oficial foi publicada pela PJF no dia 25 do mesmo mês e autoriza o movimento a utilizar e construir no terreno, localizado no Bairro Linhares.

Na reunião, estiveram presentes os membros do Conselho Arquidiocesano da RCC, Alexandre Silvério (presidente) e Márcio Falco (tesoureiro e conselheiro), o servo carismático e líder político João de Mello, o representante do arcebispo Dom Gil Antônio, Monsenhor Luiz Carlos, o Prefeito de Juiz de Fora, Antônio Almas, e demais representantes dos poderes Executivo e Legislativo.

Pelo documento assinado pelo presidente do Conselho Arquidiocesano, Alexandre Silvério, fica “outorgada à ‘Associação Boa Nova da Renovação Carismática Católica da Arquidiocese de Juiz de Fora’ nova permissão de uso, em caráter precário, da área de terreno com 2.700,22 m², situada nesta cidade, no Loteamento Bom Jardim, no Bairro Linhares, parte do Quinhão nº 1, da Fazenda Retiro Saudoso”. O documento prevê ainda que o movimento cumpra algumas obrigações que garantam o uso contínuo do terreno, como a apresentação de um projeto de construção de uma sede própria da Associação e de um espaço público ao redor, além de estabelecer um prazo para o cumprimento de tais ações.

*Fonte: Site da RCC Juiz de Fora

Conteúdo Relacionado
X