Paróquia Santíssima Trindade, em Descoberto (MG), acolhe novo pároco

0

Na manhã do último domingo, 10 de fevereiro, o Padre Alessandro de Melo foi empossado pároco da Paróquia Santíssima Trindade, em Descoberto (MG). A Celebração Eucarística foi presidida pelo arcebispo metropolitano, Dom Gil Antônio Moreira, na Matriz, e contou com a presença do vigário forâneo da Forania São Vicente, Padre Cláudio Machado, além dos padres Osmar Bezerra e Antônio Eduardo Dias da Silva.

Durante o rito de posse, Padre Alessandro fez a renovação das promessas sacerdotais, a profissão de fé e o juramento de fidelidade. O sacerdote ainda recebeu, das mãos de Dom Gil, alguns símbolos da paróquia: as chaves da Matriz e do Sacrário, a Palavra de Deus, o livro de tombo, a estola roxa e os Santos Óleos.

Em entrevista à WebTV A Voz Católica, Dom Gil contou que, depois de passar pelas paróquias Nossa Senhora das Dores, de Grama, e São Geraldo, no Teixeiras, o novo pároco de Descoberto terá a sua primeira experiência numa paróquia do interior da Arquidiocese de Juiz de Fora. “Ele vem com toda a disposição de alma e alegria e a gente quer celebrar isso diante de Deus para que Nosso Senhor possa abençoar essa comunidade com os trabalhos do Padre Alessandro. Desejo infinitas bênçãos da Santíssima Trindade nesse novo trabalho em que ele vai aqui representar-nos e continuar o trabalho de Nosso Senhor Jesus Cristo, que espera rebanhar almas como aqueles peixes na rede do evangelho de hoje”.

O arcebispo também lembrou o trabalho feito pelo Padre Jânio Carlos Mota até então. “Aproveito para agradecer o trabalho do Padre Jânio, que aqui esteve cinco anos e que deixou marcas tão importantes, tão bonitas aqui entre esse povo”.

Já Padre Alessandro disse acolher com muita alegria essa nova missão. “Venho com o coração aberto e muito feliz. Senti já a acolhida do povo, a tranquilidade e o desejo de uma caminhada de Igreja que aguarda ansiosa por novos encaminhamentos, uma caminhada sempre mais renovada e é isso que a gente vem agora trazer aqui para essa comunidade. Acima de tudo, nós estamos aqui para aprender, porque o sacerdote vem para missão, mas ele sai muito mais enriquecido com a presença das pessoas”.

*Fotos: Sônia Kling – Paróquia N. Sra das Dores (Grama)

Conteúdo Relacionado
X