Papa aos pastores da Igreja da Ásia: unidade e integridade da fé

0

O Papa Francisco enviou nesta terça-feira (15) uma mensagem aos participantes de um encontro que reúne os presidentes das Comissões Doutrinais das Conferências Episcopais da Ásia com uma delegação da Congregação para a Doutrina da Fé. A reunião começa hoje e termina na sexta-feira (18) em Bangkok, na Tailândia.

No texto, datado de 10 de janeiro, o Pontífice inicia saudando fraternalmente os participantes, ao dizer que se sente feliz por estar presente através da mensagem. O Papa, então, faz menção à Ásia, onde acontece o encontro, “um vasto e multiforme continente caracterizado por diversidade religiosa, linguística e cultural”. O local vem a reforçar, segundo Francisco, “a responsabilidade comum pela unidade e integridade da fé católica, bem como explorar novos meios e métodos para testemunhar o Evangelho” diante dos desafios do mundo contemporâneo.

Encontro na Ásia para enfrentar preocupações específicas

Na Exortação Apostólica Evangelii Gaudium, cita o Pontífice, já veio o convite do próprio Francisco a toda a Igreja “para seguir adiante”: “sou feliz de saber que a Congregação para a Doutrina da Fé apoie ativamente o importante trabalho das Conferências Episcopais e, em especial, das suas Comissões Doutrinais, para que ajudem e promovam a cooperação eficaz e fraterna entre os Pastores da Igreja na Ásia”.

O Papa Francisco se despede afirmando que reza para que o encontro “ofereça uma oportunidade para enfrentar as preocupações do Evangelho que são específicas e relevantes para a Ásia”.

Legado do Card. Ratzinger

Esse tipo de encontro, entre as Comissões Doutrinais e a Congregação para a Doutrina da Fé, acontece desde a década de 80, quando o então prefeito, Cardeal Joseph Ratzinger, decidiu reuni-los, periodicamente e em nível continental. Neste ano a reunião volta para a Ásia, como aconteceu em 1993, mas já passou pela América (1984, 1996 e 1999), pela África (1987 e 2009) e Europa (1989 e 2015). O encontro reitera o compromisso em favor da promoção e tutela da doutrina da fé.

Fonte: Site Vatican News

Conteúdo Relacionado
X