Missa reúne gestantes para celebrar Dia do Nascituro

0

O Dia do Nascituro, lembrado na segunda-feira (8), foi comemorado com uma missa que reuniu gestantes na Catedral. Essa celebração marcou o encerramento da Semana da Vida na Arquidiocese de Juiz de Fora e, também, foi o sexto dia da novena de Nossa Senhora Aparecida.

A missa foi presidida pelo arcebispo metropolitano, Dom Gil Antônio Moreira, e concelebrada pelo vigário feral da Arquidiocese e pároco da Catedral, Monsenhor Luiz Carlos de Paula, pelo vigário episcopal para Vida e Família, Padre Laureandro Lima da Silva, e pelo Padre Gleydson Pimenta de Faria. A celebração também teve a participação do diácono permanente Waldeci Rodrigues e de alguns seminaristas do Seminário Santo Antônio.

Durante a homilia, Dom Gil explicou sobre alguns pontos importantes a respeito do Nascituro, como, por exemplo, que a criança que está no ventre da mulher é uma nova criatura e que Deus confia na mãe para proteger esse novo ser. “Muitas pessoas, às vezes até em nosso meio, querem ceder às leis abortistas. Porém, o Evangelho é um grande clamor de Jesus para a proteção da vida. No Dia do Nascituro é dada a bênção para as gestantes para que as crianças que estão no ventre das mães sejam alegria para suas vidas”. Dom Gil completou dizendo que “a Semana da Vida foi instituída para que o povo brasileiro entenda o verdadeiro valor da vida”.

Ao final da celebração, foi feita a consagração das gestantes à Nossa Senhora Aparecida. E, após a bênção das gestantes, as Mães que Oram pelos Filhos entregaram sapatinhos como lembranças, para que elas possam sempre se recordar desse dia especial. O Vicariato para a Vida e Família da Arquidiocese de Juiz de Fora também foi apresentado.

Ainda durante a celebração, foi comentada a lei nº 11.961, de 2 de fevereiro de 2010, que oficializou “O Dia do Nascituro” no calendário de Juiz de Fora.

*Colaboração: Janslúcia Vieira
Assessoria de Comunicação – Catedral JF

Conteúdo Relacionado
X