social facebook social twitter social youtube

Assembleia Geral da CNBB: missa do penúltimo dia recorda do Diaconato Permanente

*Com informações da CNBB

O penúltimo dia da 56ª Assembleia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) iniciou com missa, no Santuário Nacional de Aparecida (SP), presidida pelo arcebispo de São Luís (MA) e presidente do Regional Nordeste 5 da CNBB, Dom José Belisário da Silva.

O bispo iniciou a homilia refletindo sobre a leitura desta quinta-feira (19), que traz, nos Atos dos Apóstolos, a figura de Pedro e dos diáconos Estevão e Felipe, para falar da importância do Diaconato Permanente. “Os diáconos foram instituídos para servir a mesa. No entanto, se tornam grandes anunciadores do Evangelho. [Daí] a importância dos diáconos permanentes também na Igreja de hoje para o anúncio da Palavra”.

A coletiva de imprensa desta tarde abordou as duas mensagens aprovadas pelo episcopado brasileiro durante a sua 56ª Assembleia Geral. A primeira mensagem busca recordar a função eclesial da entidade e a segunda, apresenta a posição do episcopado sobre o processo eleitoral 2018.

Participaram da coletiva o arcebispo de Brasília (DF) e presidente da CNBB, Cardeal Sergio da Rocha, o vice-presidente da entidade e arcebispo primaz de Salvador (BA), Dom Murilo Krieger, e o presidente da Comissão Episcopal Pastoral para Ministério Ordenados, Dom Jaime Spengler, que também é arcebispo de Porto Alegre (RS).

Clique aqui e confira a “Mensagem da CNBB ao Povo de Deus”.

Clique aqui e confira a “Mensagem sobre as eleições de 2018”.


Outras informações:
Assessoria de Comunicação Arquidiocese de Juiz de Fora: (32) 3229-5450

Notícias

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8
  • 9
  • 10
Prev Next