social facebook social twitter social youtube

Missa festiva marca o aniversário de 92 anos de fundação do Seminário Santo Antônio

Na noite da última quinta-feira, dia 1º de março, o arcebispo metropolitano de Juiz de Fora, Dom Gil Antônio Moreira, presidiu uma missa festiva pelos 92 anos de fundação do Seminário Santo Antônio. A celebração ocorreu no auditório Mater Ecclesiae, no prédio da Cúria Metropolitana. Vários padres de nosso clero concelebraram com Dom Gil. Houve, ainda, a ilustre presença do arcebispo emérito de Sorocaba (SP), Dom Eduardo Benes de Sales Rodrigues, que é natural de Bias Fortes (MG) e teve sua formação no Seminário Santo Antônio, onde também atuou como professor e reitor.

Durante a celebração, os Diáconos Felipe Castro, Fernando Martins da Silva e Samuel Carlos Moreira fizeram a profissão de fé e o juramento de fidelidade. Eles serão ordenados sacerdotes no próximo domingo, 4 de março, às 15h, na Matriz de São Miguel e Almas, em Santos Dumont (MG). Esta solenidade também faz parte das comemorações pelo aniversário do Seminário Santo Antônio.

Em entrevista à WebTV A Voz Católica, o formador do curso de Filosofia, padre Gleydson Pimenta, demonstrou sua satisfação pessoal. “Para nós, é uma alegria comemorar o aniversário do nosso Seminário Santo Antônio. São 92 anos de formação de presbíteros para a Igreja de Juiz de Fora e também de outras Dioceses, como por exemplo Leopoldina e São João del-Rei. O seminário é o coração da Igreja, onde são formados aqueles que depois estarão juntos ao povo de Deus. Para mim, esse é um momento muito especial, pois toda minha formação foi feita aqui”.

O reitor do Seminário, padre Roberto José da Silva, destacou a importância da criação da instituição. “A fundação do Seminário Santo Antônio aconteceu dois anos depois da criação da nossa Diocese. Foi uma grande obra de Dom Justino José de Santana, com a visão de formar o futuro clero dentro da própria Igreja. Neste momento, iremos celebrar a Santa Missa, que será presidida pelo nosso arcebispo, com a presença de vários padres, seminaristas, amigos e colaboradores. É um momento de festa!”.

O arcebispo emérito de Sorocaba, Dom Eduardo Benes, lembrou sua trajetória no seminário. “Ingressei aqui neste seminário aos dez anos de idade, onde fui recebido por Monsenhor Vicente de Paula Penido Burnier, à época ecônomo desta instituição. São 64 anos de história. Aqui eu estudei, fui professor e reitor. Estou muito feliz por estar aqui hoje louvando a Deus por este momento”.

Dom Gil ressaltou a missão de um seminário. “O Seminário Santo Antônio completa, hoje, 92 anos de funcionamento, praticamente ininterruptos. Houve um pequeno período sem seminaristas, que à época foram enviados para a Diocese de Mariana (MG), mas mesmo assim eram acompanhados daqui. Portanto, é um momento de grande alegria para a arquidiocese celebrar este aniversário tão significativo. Estamos caminhando para o centenário. A missão do seminário é formar, sobretudo, sacerdotes que irão falar e celebrar os mistérios de Cristo. Mas ele forma também leigos e até mesmo pessoas que não são católicas, mas que têm uma grande admiração pela instituição. Que Deus abençoe o nosso seminário, para que ele continue sendo essa força de Cristo no meio de nós”. Ele destaca, ainda, a ordenação sacerdotal dos novos padres da arquidiocese, que acontece daqui a poucos dias. “A ordenação dos três novos padres, de fato, é uma celebração que decorre da festa de hoje. Agradecemos a Deus por mais estes sacerdotes que foram formados pelo Seminário Santo Antônio e que, agora, irão servir à Igreja Particular de Juiz de Fora”. Ao final da celebração, o arcebispo abençoou os cálices e os paramentos dos futuros presbíteros.

Após a missa, todos os presentes foram convidados a participar de uma confraternização nas dependências do Seminário Santo Antônio.

Notícias

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8
  • 9
  • 10
Prev Next