social facebook social twitter social youtube

Padre de Juiz de Fora é nomeado assessor em Comissão da CNBB

Padre Leonardo Pinheiro*Padre Leonardo (à esquerda) e os outros três assessores nomeados. Foto retirada do site da CNBB.O Padre Leonardo José de Souza Pinheiro, atual administrador da Paróquia São José, de Bicas (MG), e responsável pela Comissão Arquidiocesana de Liturgia, foi apresentado esta semana como o novo assessor da Comissão Episcopal Pastoral para a Liturgia da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). O anúncio ocorreu durante a abertura da reunião do Conselho Episcopal Pastoral (Consep) da CNBB, em Brasília, na última terça-feira (28).

Na ocasião, o bispo auxiliar de Brasília e secretário-geral da CNBB, Dom Leonardo Steiner, apresentou outros três assessores: dois integrantes da Comissão Episcopal Pastoral para a Cultura e Educação, os padres Edecildo Prado (Arquidiocese de Belo Horizonte) e Eduardo Rocha (Diocese de Tubarão), e o padre redentorista Antônio Niemiec, que vai assumir a assessoria da Comissão para a Ação Missionária e Cooperação Intereclesial.

Padre Leonardo foi convidado para o cargo em fevereiro pelo presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Liturgia, Dom Armando Bucciol. Após o consentimento do arcebispo metropolitano de Juiz de Fora, Dom Gil Antônio Moreira, aceitou a proposta. O sacerdote juiz-forano é formado em Liturgia pela Faculdade Santa Giustina de Pádua, na Itália, leciona a disciplina no Instituto Teológico Arquidiocesano Santo Antônio e no Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora (CES/JF) e também presta serviços à comissão do Regional Leste 2 da CNBB.

“Recebi o convite com muita surpresa, mas também com muita alegria, na perspectiva de que é uma área em que eu já trabalho há alguns anos como professor. Mas, sem dúvida alguma, traz também a expectativa da responsabilidade de se fazer um novo e grande trabalho, que requer muito aprofundamento”, afirmou o padre diocesano. “É um serviço que estou sendo chamado a fazer em favor da Igreja no Brasil e espero que eu possa contribuir com alegria e disponibilidade”, finalizou.

O arcebispo metropolitano de Juiz de Fora, Dom Gil Antônio Moreira, parabenizou Padre Leonardo e disse acreditar que o sacerdote tem muita competência para desempenhar a função de assessor da Comissão Episcopal Pastoral para a Liturgia. “Para nós é uma grande satisfação, porque é uma maneira da nossa arquidiocese colaborar com a Igreja presente no Brasil inteiro, através da CNBB. Que o Padre Leonardo possa prestar esse serviço com todo o coração e a competência que ele tem, servindo a Igreja de Deus em todo o nosso país”,

Mesmo antes de assumir a função na CNBB, Padre Leonardo Pinheiro já participa, em Brasília, de reunião com bispos e assessores da Comissão de Liturgia. O grupo trabalha com os textos relacionados à nova publicação do Missal Romano até a manhã desta sexta-feira (1º).

O sacerdote deixa as funções de administrador paroquial que exerce no município de Bicas no início do mês de janeiro. A previsão é de que naquele mesmo mês o sacerdote dê início aos trabalhos em Brasília.


Outras informações:
Assessoria de Comunicação Arquidiocese de Juiz de Fora: (32) 3229-5450

Notícias

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8
  • 9
  • 10
Prev Next