social facebook social twitter social youtube

Fiéis celebram 300 anos de Nossa Senhora Aparecida

*Fonte: Site da Catedral Metropolitana

O Dia de Nossa Senhora Aparecida, 12 de outubro, foi especial na Catedral Metropolitana de Juiz de Fora. Ao longo do dia, foram celebradas seis missas e mais de oito mil pessoas passaram pela igreja para prestarem seus agradecimentos e fazerem seus pedidos à Padroeira do Brasil, que celebrou 300 anos do encontro da imagem, no Rio Paraíba do Sul. Além disso, as celebrações também homenagearam as crianças, que receberam bênção especial.

O destaque da programação foi a missa das 11h30, presidida pelo arcebispo metropolitano, dom Gil Antônio Moreira, e concelebrada pelo pároco da Catedral, Monsenhor Luiz Carlos de Paula e pelo vigário, Padre Luiz Eduardo de Ávila. A missa também contou com a participação do diácono Waldeci Rodrigues da Silva. Como já se tornou tradição, esta celebração contou com a presença de cerca de dois mil motociclistas, que realizaram a 22ª Motociata de Nossa Senhora.

Os condutores percorreram as ruas centrais de Juiz de Fora e foram recebidos no estacionamento da Catedral, onde receberam uma bênção e rezaram pedindo pela proteção e paz no trânsito. Logo após, uma motocicleta entrou na igreja com a imagem da Virgem Maria e ficou estacionada no presbitério durante toda a celebração.

Dom Gil falou sobre a liturgia do dia, a importância de celebrar os 300 anos do encontro da imagem da Padroeira do Brasil, no Rio Paraíba do Sul, e da alegria em receber os motociclistas na paróquia. “Somos um povo que acredita na vitória diante dos desafios e, por isso, devemos ser como Nossa Senhora que se manteve de pé diante da Cruz”, ressaltou. “Que Nossa Senhora Aparecida leve ao Pai, em nome de seu Filho Jesus, nossos pedidos para que sejam vencidas a corrupção e as crises políticas, econômicas e de moral em nossa pátria”, disse o arcebispo.

Ele destacou também que nesses 300 anos, o povo brasileiro pode se considerar uma grande família, cujo Pai é Deus, e que antes de surgir a bandeira, ou qualquer outro símbolo de nossa nação, Nossa Senhora Aparecida já intercedia por nós. “Nosso coração brasileiro também suplica pelas crianças para que cresçam em estatura e graça e que sejam protegidas de toda atitude anticristã”, completou.

No final da celebração, Dom Gil recebeu de presente uma camisa da Motociata que foi pensada especialmente para a celebração do tricentenário do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida no Rio Paraíba do Sul.

Participação

A aposentada Therezinha R. do Nascimento, 75, participa da missa com os motociclistas há mais de quatro anos e disse que neste ano seria mais especial, pois o Brasil celebra os 300 anos de aparição da imagem. “Gosto de coisas que emocionam”, completou.

Já Hilda Amaro da Silva, 86, também aposentada, contou que já participa há muitos anos e que seu filho, Reginaldo da Silva, que é motoboy, já entrou com a imagem da Padroeira na igreja duas vezes. “Eu sempre choro quando vejo a entrada de Nossa Senhora Aparecida. Gosto muito de participar e para mim é uma bênção”, concluiu.

Clique aqui e confira as fotos.


Outras informações:
Catedral Metropolitana: (32) 3250-0700
Assessoria de Comunicação Arquidiocese de Juiz de Fora: (32) 3229-5450

Notícias

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8
  • 9
  • 10
Prev Next