social facebook social twitter social youtube

Missa dos Santos Óleos reúne milhares de fiéis na Catedral Metropolitana de Juiz de Fora

*Texto e fotos: Leandro Novaes (Jornal Folha Missionária)

foto 39Na manhã desta quinta-feira santa, 13 de abril, milhares de fiéis participaram da Missa dos Santos Óleos na Catedral Metropolitana de Juiz de Fora. A solenidade foi presidida pelo arcebispo Dom Gil Antônio Moreira, às 9h, com a participação de quase todos os padres e diáconos da Arquidiocese, salvo alguns que não puderam participar devido a problemas de saúde ou motivos pessoais.

O pastor explicou o significado da celebração. “A quinta-feira santa é um dia muito especial para nós, pois é o dia em que celebramos a instituição do sacerdócio. Jesus deu aos Apóstolos o poder sacerdotal para agirem em seu nome. Portanto, os padres e bispos, humildemente, dão continuidade ao sacerdócio de Cristo, anunciando a Palavra e promovendo a salvação de toda a humanidade. Neste dia, também, ocorre a bênção dos Santos Óleos, que são entregues aos padres para serem usados nas celebrações no decorrer do ano”.

No início da celebração, Dom Gil lembrou o falecimento de Dom Frei Clóvis Frainer, ocorrido no último dia 04 de abril. Dom Clóvis esteve à frente da Igreja Particular de Juiz de Fora por dez anos. O Vigário Geral da Arquidiocese, Monsenhor Luiz Carlos de Paula, fez a leitura do telegrama enviado pelo Santo Padre, o Papa Francisco, em condolências ao nosso pastor.

Em seguida, o ponto alto da celebração: o arcebispo abençoou os Santos Óleos (óleo dos Enfermos, óleo dos Catecúmenos e óleo do Crisma), que foram entregues aos padres de todas as 90 paróquias que compõem a Arquidiocese.

Os Santos Óleos:

Óleo do Crisma: Uma mistura de óleo e bálsamo, significando plenitude do Espírito Santo, revelando que o cristão deve irradiar "o bom perfume de Cristo". É usado no sacramento da Confirmação (Crisma), quando o cristão é confirmado na graça e no dom do Espírito Santo, para viver como adulto na fé. Este óleo é usado também no sacramento do sacerdócio, para ungir os "escolhidos" que irão trabalhar no anúncio da Palavra de Deus, conduzindo o povo e santificando-o no ministério dos sacramentos. A cor que representa esse óleo é o branco ouro.

Óleo dos Catecúmenos: Catecúmenos são os que se preparam para receber o Batismo, sejam adultos ou crianças, antes do rito da água. Este óleo significa a libertação do mal, a força de Deus que penetra no catecúmeno, o liberta e prepara para o nascimento pela água e pelo Espírito. Sua cor é vermelha.

Óleo dos Enfermos: É usado no sacramento dos enfermos. Este óleo significa a força do Espírito de Deus para a provação da doença, para o fortalecimento da pessoa para enfrentar a dor e, inclusive a morte, se for vontade de Deus. Sua cor é roxa.


Outras informações:
Assessoria de Comunicação Arquidiocese de Juiz de Fora: (32) 3229-5450

Notícias

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8
  • 9
  • 10
Prev Next