social facebook social twitter social youtube

Seminaristas visitam Museu Mariano Procópio, em Juiz de Fora, acompanhados de Dom Gil

DSC08194Na tarde da última quinta-feira, 9 de março, uma comitiva da Arquidiocese de Juiz de Fora visitou a Galeria “Maria Amália”, do Museu Mariano Procópio. O grupo, liderado pelo arcebispo metropolitano de Juiz de Fora, Dom Gil Antônio Moreira, teve a participação de 25 seminaristas do Seminário Arquidiocesano Santo Antônio, do reitor da instituição, Padre Roberto José da Silva, e do Padre Gleydson Pimenta, formador da Comunidade de Filosofia.

A comitiva foi recepcionada pelo diretor-superintendente do Museu, Antônio Carlos Duarte, e por Douglas Fasolato, curador da exposição “Esplendor das Formas: Esculturas no Acervo do Museu Mariano Procópio”. Fasolato foi o responsável pela visita guiada à galeria, explicando aos visitantes a história por trás de cada peça da mostra.

Antônio Carlos Duarte, por sua vez, ressaltou a honra em receber, no museu, padres, seminaristas e Dom Gil, que é membro do Conselho de Amigos da instituição. “Importante frisar, que, quando da constituição do Conselho de Amigos do museu, o grande mecenas e fundador do museu, Alfredo Lage, escolheu para fazer parte do conselho da época o então arcebispo, dom Justino. Então, há um sentido até de permanência da Igreja junto ao museu”.

Dom Gil explicou o objetivo da visita dos seminaristas dos cursos de Filosofia, Teologia e Propedêutico ao Museu Mariano Procópio, local de referências históricas e artísticas do país. “Nossos seminaristas, que se preparam para serem padres, devem ter conhecimento amplo não só das matérias teológicas e religiosas, mas devem ter uma cultura geral ampla. Esta visita compõe o programa de formação dos nossos futuros padres do Seminário Santo Antônio”. O arcebispo também destacou a importância do conhecimento, pelos aspirantes ao sacerdócio, do quanto a Igreja Católica contribuiu para a edificação do Brasil.

O Museu Mariano Procópio foi parcialmente reaberto à visitação em 2016, com a exposição de esculturas na Galeria “Maria Amália”. A mostra conta com cerca de 200 peças que fazem parte do acervo do museu. As demais dependências do local continuam fechadas para reformas.


Outras informações:
Assessoria de Comunicação Arquidiocese de Juiz de Fora: (32) 3229-5450

Notícias

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8
  • 9
  • 10
Prev Next