social facebook social twitter social youtube

Prefeito de Juiz de Fora assina carta-compromisso com Pastoral do Menor Arquidiocesana

 

*Informações retiradas do site da Prefeitura de Juiz de Fora

Carta compromissoFoto: Carlos Mendonça (site da PJF)A Prefeitura de Juiz de Fora reforçou na última quarta-feira, 8 de março, em reunião com o Arcebispo Metropolitano de Juiz de Fora, Dom Gil Antônio Moreira, a coordenadora arquidiocesana da Pastoral do Menor, Alessandra Castro, e outros representantes da igreja e do Executivo, o compromisso com as políticas públicas e ações voltadas para a criança e o adolescente através da assinatura da carta compromisso formulada pela Pastoral. A parceria é fundamental, principalmente, para que a Igreja e o poder público possam reunir esforços para sensibilizar o Governo do Estado a enviar recursos importantes para a cidade, que possam refletir no bem-estar da criança e das famílias como um todo.

Durante o encontro, o prefeito Bruno Siqueira destacou o empenho da administração para com as crianças e os adolescentes, através dos programas que já vêm sendo desenvolvidos em diversas áreas e com a ampliação de quase 30% do número de creches no município. Reforçou também o seu comprometimento em não deixar que a cidade fique esquecida em relação aos repasses financeiros, bem como as obras dos grupos centrais, de escolas públicas e para hospitais e instituições de saúde.

De acordo com o Arcebispo Metropolitano, Dom Gil, a situação da criança e do adolescente na cidade sempre foi uma preocupação para a Igreja, que tem um histórico de trabalho no cuidado e resgate dos diretos humanos. “Nós trabalhos com a dignidade do ser humano, desde a infância até a terceira idade, e essa integração com o poder público, que também atua em várias frentes, nos auxilia a proteger ao máximo o desenvolvimento dessas pessoas”.

A coordenadora da Pastoral do Menor, Alessandra, reforçou que a proposta da carta é “rever os serviços que são realizados para a criança e o adolescente no município, uma vez que várias crianças ainda se encontram em situação de vulnerabilidade social e pessoal”. O documento contempla ações de investimento em políticas públicas destinadas ao atendimento prioritário e preferencial de crianças, adolescentes e suas respectivas famílias.

A solenidade não ocorreu só em Juiz de Fora, mas em todas as cidades do Regional Leste 2 da CNBB que contam com o trabalho da Pastoral do Menor.


Outras informações:
Assessoria de Comunicação Arquidiocese de Juiz de Fora: (32) 3229-5450

Notícias

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8
  • 9
  • 10
Prev Next