Em parceria com organizações, Cáritas lança “Casa de Direitos” para apoio a migrantes

0

A Cáritas Brasileira, em parceria com Cáritas Suíça, Fundação Banco do Brasil e Departamento de Estado dos Estados Unidos (PRM), inaugurou nesta quinta-feira, 8 de novembro, em Brasília (DF), a Casa de Direitos.

Trata-se de um espaço voltado para dar apoio e favorecer a integração de migrantes e refugiados de todas as nacionalidades, propiciando acolhimento, atendimento jurídico, acompanhamento psicossocial e capacitações. Nesse lugar, serão desenvolvidos o Programa Pana e o Projeto de Educação e Capacitação para Refugiados e Migrantes no Distrito Federal e Cidades do Entorno.

A Casa de Direitos, além de Brasília, estará presente em outras seis capitais do país – Boa Vista, Porto Velho, Recife, São Paulo, Curitiba e Florianópolis -, por meio do Pana, e tem como objetivo ser referência na acolhida, proteção e integração de imigrantes no Brasil.

A palavra Pana vem da língua indígena Warao e significa amigo. Os warao são uma etnia indígena venezuelana fortemente atingida pela crise política e econômica do país. Fugindo da crise e da fome, foram os primeiros a atravessar a fronteira e chegar a Pacaraima (RR) em busca de ajuda e formas de sobrevivência.

O Programa, apoiado pelo PRM, propiciará ainda acesso à moradia, por meio do aluguel subsidiado de casas ou apartamentos para imigrantes que serão alocados de Roraima, oportunidade de formação em vista de trabalho e renda, assistência jurídica e psicológica. Para complementar as ações, no campo emergencial, os migrantes em situação de vulnerabilidade social terão acesso a itens de primeira necessidade como alimentos, kits de higiene pessoal e de limpeza e roupas.

Na Casa de Direitos, também será executado o Projeto de Educação e Capacitação para Refugiados e Migrantes, com o apoio da Fundação Banco do Brasil, que tem como objetivo central o acompanhamento psicossocial, formação em Língua Portuguesa, Cultura Brasileira, Legislação Trabalhista, Economia Solidária, Empreendedorismo e Inclusão Digital.

As iniciativas contam com a parceria da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB); Instituto Migrações e Direitos Humanos (IMDH); Cátedra Sérgio Vieira de Melo, da Agência da Organização das Nações Unidas para Refugiados e Organização Internacional das Migrações, da Agência da Organização das Nações Unidas para as Migrações.

*Fonte: Site da CNBB

Conteúdo Relacionado
X