Caminhada Mariana entre Valadares e Rosário de Minas reúne paróquias de Juiz de Fora

0

Centenas de pessoas participaram, na manhã do último sábado (6), da segunda Caminhada Mariana promovida pela Forania Nossa Senhora da Conceição. Durante o trajeto de quase nove quilômetros entre Valadares e o distrito de Rosário de Minas, iniciado às 6h, os fiéis rezaram os quatro terços que compõem o Rosário.

O arcebispo metropolitano de Juiz de Fora, Dom Gil Antônio Moreira, participou das quatro horas de caminhada e, junto com os padres das dez paróquias da forania, conduziu as orações. Um carro de boi levava, à frente do cortejo, uma imagem de Nossa Senhora da Conceição.

Na chegada à Matriz de Rosário de Minas, Dom Gil presidiu a Santa Missa, concelebrada pelo vigário forâneo e administrador paroquial, Frei Carlos Roberto de Oliveira Charles, OFM Conv., pelos vigários paroquiais, Frei Lindomar de Jesus Carvalho, OFM Conv. e Frei Jorge Fernando da Silva Coelho, OFM Conv., e os demais sacerdotes. Dois diáconos auxiliaram na celebração.

O arcebispo metropolitano indicou que aquela missa teria como intenções a Igreja, a pátria brasileira e as eleições que seriam realizadas no dia seguinte. Durante sua homilia, ele ainda recordou o pedido feito por Papa Francisco na última semana – de que os fiéis de todo o mundo rezassem o Santo Terço todos os dias durante o mês de outubro, pedindo à Virgem Maria e a São Miguel Arcanjo que protejam a Igreja. “A oração do Rosário nos ajuda a contemplar Jesus, nos ajuda a estar em sintonia com o Senhor. A repetição é como uma música, que nos ajuda inclusive a ter paz no coração. A contemplação, a repetição das palavras feitas com amor vai nos colocando no ambiente de Deus. Lembremos, irmãos: rezar o Rosário significa estar perto de Jesus, levados por Maria”.

Frei Carlos ressaltou a participação crescente de fiéis na Caminhada Mariana, que chegou à sua quarta edição, sendo as duas primeiras realizadas a nível paroquial. O frade franciscano disse que, mais uma vez, o evento reuniu as paróquias da Zona Norte de Juiz de Fora e teve sucesso no testemunho da alegria do evangelho e da dimensão missionária, tendo como diferencial, este ano, a presença de Dom Gil. “Isso é muito significativo para a nossa forania e também para a arquidiocese, uma vez que demos testemunho mariano, devocional e expressamos simbolicamente a caminhada do povo de Deus enquanto Igreja”.

Ao final da Santa Missa, houve coroação da imagem de Nossa Senhora da Conceição e a oração do último dia da novena de Nossa Senhora do Rosário, celebrada no domingo (7). A forania ainda presenteou cada paróquia com um estandarte estampado com seus respectivos padroeiros. Em seguida, os fiéis presentes participaram de almoço beneficente.

Conteúdo Relacionado
X